Ethröm!!!

Os espelhos de mil cores já não me definem…a água cristalina já não me reflecte! Não apresenta a imagem do “eu”, aquela que eu imaginava ter mas que não tenho; ilusão criada, de mim para mim, com o cheiro fresco do puro e intocável ser que não é, ou que por razões milenárias desconhecidas, adormecidas, embebecidas no isto e aquilo que se apresenta como a forma do ser, desconjugado de realidade, efervescente de felicidade, borbulhante de brumas longínquas se viu afastado de permanecer…
O vento já nada me sussurra, passa e bate, violento de raiva, angústias gritadas na roda do tempo!
O gelo derrete a cada passo desconjugado, de tanto alinhado, pensado aqui e agora, ontem e no outro dia, de momento em momento, do tempo ao vento, do tormento ao tempo, das tulipas mortas, enterradas e depostas no ser único do agora…carpe diem…NÃO! Recuso-me, já não me me mostras, já não me reflectes…
Só a lama me reflecte! O cheiro a podridão de memórias vividas e absorvidas , mantidas escondidas para não serem minhas, para serem de outro eu, aquele que não existe, o grande fantasma de mim…memórias esquecidas
Morri nos teus olhos quando a tua cara se transformou, o sorriso apagado tudo em mim mudou…De novo os espelhos… SIM…EU aceito, que sois vós que me reflectes; espelhos negros que me definem, me abraçam e consolam nesse esplendor de cheiro fétido, e eu morro a cada momento nesses braços aveludados de brumas negras desgastadas.. aperta-me com mais força, por favor, eu te peço…eu te peço: aperta os meus medos e sonhos, repele esses segredos medonhos!
Mas até vós, ó bruma celestial, até vós me deixais e o meu coração despedaçais!
E eu fico com frio e por mim espero, neste pesadelo austero!

Roberto Mendes

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

3 respostas a Ethröm!!!

  1. Evy diz:

    Apareço agora com outro nome mas fica a saber que sou raylin, lembras-te? Entao era este o blog de que me tinhas falado… Bem, para ser sincera ja tinha passado por ca mas como… nao estava dentro do assunto nem aprofundei! Este blog esta… o que posso eu dizer? nao sei… enfim, ja disse tudo o que podia penso eu.. ja nao tenho mais palavras para descrever aquilo que fazes… nao tenho mesmo… Continua assim…

  2. Ab imo corde diz:

    É dificil encontar as palavras certas para falar com objectividade e imparcialidade de alguém que a priori se admira tanto…

    ROBERTO:

    Orgulho, creio que define o que sinto quando vejo que, passo a passo, cada vez melhor, passas para o papel melodiosas palavras compassadas pelo espirito da magia que em ti habita e regradas pelo talento e competência que em ti vejo, sinto e conheço!

    Admiração!É a luz que se ilumina a cada palavra que, do que escreves leio; é a luz que brilha a cada novo sonho, é a luz que te acompanha a cada novo projecto.

    Orgulho-me e admiro-te, aqui pelo que escreves!Na vida pelo que és! Na literatura pelo sonho e no sonho pela paixão!!!

    Segue sem medo…

    Contigo em todas estas acepções e para sempre,

    Amo-te!

    Rita Rosado Comércio!

  3. avatar diz:

    Aos poucos, a ideia vai crescendo.

    Bom texto, emotivo e mesmo poético!

    Abraço!

    Pedro!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s