Contos inacabados de Numenor e da Terra Média

1111353Contos Inacabados de Númenor e da Terra-média” (Unfinished Tales of Númenor and Middle-earth) foi publicado pela primeira vez em 1980, sete anos após a morte de Tolkien. Como o título indica, o livro revela diversas narrativas que não estão concluídas, seja porque chegam a um final abrupto, com indicações vagas de como a história continuaria a partir dali, seja por possuírem diversas versões em conflito, sem que Tolkien realmente optasse por uma delas. Ainda assim, esta é uma obra brilhante, sem dúvida um ponto de interesse para qualquer apaixonado pela narrativa do mestre Tolkien.

O livro está dividido em secções correspondentes às Três Eras da Terra-média, com narrativas ligadas a essas respectivas épocas, além de uma última secção com temas diversos. Na Primeira Era, o leitor pode encontrar as histórias de Tuor e da sua chegada a Gondolin, bem como a de Túrin Turambar, ambas com incrível riqueza de detalhes se comparadas aos capítulos de “O Silmarillion”, que tratam estas mesmas personagens.

Na secção dedicada à Segunda Era, temos a única narrativa em prosa sobre Númenor no seu apogeu, que conseguiu sobreviver à Queda, além da “História de Galadriel e Celeborn”, texto que fornece uma visão ampla do desenvolvimento da rainha de Lórien como personagem, tal como informações extremamente interessantes sobre Amroth e Nimrodel. Na Terceira Era, o panorama é ainda mais vasto e fascinante: a história da morte de Isildur, o início da amizade entre Gondor e Rohan, o relato de Gandalf explicando como convenceu Thorin a aceitar Bilbo para a jornada até Erebor. Finalmente a secção final conta com ensaios fantásticos sobre os Drúedain, os homens selvagens que ajudaram Théoden na sua jornada para Gondor, sobre os Istari (os Magos) e os poderes, tal como o funcionamento dos palantíri.

Contos inacabados é, definitivamente, um livro para quem gostou (ou devorou) a trilogia do Senhor dos anéis, bem como o Silmarillion e desesperou depois por mais material, sejam novas histórias ou novos apêndices que permitam mergulhar no fantástico universo do mestre Tolkien.  Os contos inacabados são um extraordinário apêndice de apoio que Tolkien desenvolveu para uma melhor compreensão do seu mundo.

Para mim o conto de maior brilhantismo é aquele em que conhecemos a história  de Saruman, Gandalf e Radagast. Essa história é denominada “The Istari”e relata a chegada dos Istari à Terra Média. Existe ainda bastante informação sobre a verdadeira identidade de Gandalf, o que se revela um excelente complemento a toda a obra do mestre Tolkien; Um dos contos mais importantes acontece na terceira era e relata a relação entre Gondor e Rohan.

Para os apreciadores de Tolkien este livro é um verdadeiro tesouro, contudo não deve ser considerado para uma primeira leitura pois será dificil ler este livro sem nunca ter contactado com a obra desenvolvida por este autor. Talvez seja por isso que é considerado um livro para os apreciadores e nunca para os iniciados na leitura da Terra Média. Na minha opinião, “Contos inacabados de Numenor e da Terra Média”, é um dos melhores livros da obra de Tolkien;

Roberto Mendes

Esta entrada foi publicada em Fantasia, Literatura, Livros com as etiquetas . ligação permanente.

3 respostas a Contos inacabados de Numenor e da Terra Média

  1. mnazian diz:

    caros,

    gostaria de divulgar um texto: http://queridobunker.wordpress.com/2008/11/15/ferragens/

    obrigado.

  2. Ana Mendes diz:

    Este é o único livro do Tolkien que eu não tenho. Mas vou com certeza comprar! Eu cheguei a arranjar a primeira edição dos “Filhos de Húrin”, que também é um livro excelente. Eu devo ser provavelmente a maior fã de Tolkien e de Senhor dos Anéis do mundo. O Verão passado cometi a loucura de mandar vir uma espada do Senhor dos Anéis, dos Estados Unidos. O problema foi quando ela cá chegou. Aparentemente é contra a lei possuir armas brancas, como espadas, navalhas, arcos…Então para além de eu ter de pagar 107 para o estado para me abrirem a encomenda da espada, a PSP ficou-me com ela. É frustrante, mas eu vou arranjar maneira de a ter.

    Tudo isto porque queria adicionar mais uma peça fantástica á minha já enorme colecção do Tolkien e Senhor dos Anéis.

    Enfim…

    O blog tá fantástico. Estás de parabéns! xD

  3. igdrasil diz:

    Cara Ana,

    Este livro é óptimo para quem adora a obra de Tolkien. Quanto à espada será complicado conseguires a licença, pois no regime de armas e munições, existe um artigo que proíbe a posse de armas brancas de recreio com lâmina de dimensão superior a cinco centímetros mas desejo-te boa sorte. Obrigado pela visita!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s