Finding Neverland

finding_neverland_verdvd

Falo-vos hoje de um dos filmes que mais me impressionou este ano; apesar de ser um filme de 2004 e de ter conhecido muito sucesso no seu ano de lançamento,  apenas este ano tive oportunidade de ver “Finding Neverland” ; Devo dizer que muitas vezes pensei “…o que tenho estado a  perder…” durante o filme.  Apesar de sempre ter gostado da história de Peter Pan apenas quando vi este filme, sendo ele baseado na vida de  J. Barrie, realmente apreciei o escritor por detrás da obra. Pois a maior parte do que conhecia da história consistia apenas na pura  fábula por nunca ter possuido a paciência necessária para ler “Peter Pan”( apesar de o ter tentado fazer várias vezes na sua versão original em Inglês…contudo o meu Inglês sempre se revelou insuficiente para acompanhar o estilo poético de Barrie…)

Fica então neste espaço a sinopse de um filme que merece ser visto, pois a acompanhar a bela história podemos encontrar excelentes interpretações, em especial o fantástico desempenho de J.Deep!

J.M. Barrie, um sucedido escritor escocês de peças de Teatro, um génio literário do seu tempo, enfadado pelos mesmos velhos temas sobre os quais se desenvolvia a escrita da época, vê-se colocado numa situação em que precisa seriamente de inspiração e não a encontra. Inesperadamente, enquanto fazia a sua caminhada diária pelos Jardins Kensington em Londres, ele encontra a inspiração que precisava:uma mulher! Barrie conhece a família Llewelyn Davies: quatro meninos e a sua linda, recentemente viúva, mãe(nestes aspectos o filme é pouco preciso pois na realidade eram cinco miudos e quando Barrie conhece Miss Davies ela ainda não era viuva). Barrie torna-se amigo da família, mostrando aos rapazes truques, disfarces, jogos, brincadeiras, criando histórias de castelos e reis, vaqueiros e índios, piratas e naufrágios. Ele transforma galhos em poderosas espadas, pipas em fadas encantadas e, sem sequer o imaginar, os meninos Llewelyn Davies nos “Meninos Perdidos da Terra do Nunca”.
De uma excitação genuína e da falta de aventura de sua infância sairá o mais desafiante e renomado trabalho de Barrie: Peter Pan!
Contudo quando Barrie está pronto para apresentar “Peter Pan” ao mundo, uma trágica mudança do destino fará com que o escritor e aqueles que ele mais ama entendam o que significa realmente acreditar…

Roberto Mendes

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

3 respostas a Finding Neverland

  1. Curiosamente também já vi o filme, mas há quase um ano, talvez.
    E gostei muito =p Aconselho a quem não viu😉

  2. Launn diz:

    Este filme é absolutamente fantástico, especialmente a parte das “mini-férias” passadas na casa de campo, e a parte final- e tão emotiva – em que a peça é apresentada à mãe…
    Um excelente filme para quem quer reviver os tempos de infância ou para os que ainda acreditam na Terra do Nunca (como eu)

  3. igdrasil diz:

    Realmente é um filme que cativa por alguns momentos de fantasia, mas o que mais me deliciou foi a capacidade de Barrie transportar a fantasia para o mundo real, retirando da realidade as ideias quase poéticas de uma terra do nunca…
    Um filme muito bom!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s