Howls Moving Castle- Review

 

photo_11_hires

É curioso que uma das melhores histórias de fantástico que já tive o prazer de apreciar não respire do talento de um escritor que emana a sua magia através de palavras medidas na perfeição, em linhas e parágrafos onde vive o maravilhoso e onde se refugia o puro talento; é curioso que também não surja através da clássica tela do cinema onde pessoas reais, como nós, interpretam tramas de cortar a respiração, sempre acompanhados de cenários belos: umas vezes serenos de normalidade, outras vezes irascíveis de imaginação fantasiosa. Não. E por muito que tente, e sim já tentei, oh se tentei… Mas onde ia eu? Ah, sim, por muito que tente não consigo, é-me impossível imaginar que tal magia pudesse provir dos capítulos de um livro ou do cinema de carne e osso! A magia de que vos falo irrompe do sublime cheiro das cores do pincel de Hayao Miyakazi. Tamanha magia apenas podia ter nascido de um Anime!!!

“Já ninguém faz animação com este nível de requinte”

photo_03_hires1

Howls Moving Castle é absolutamente brilhante, nascendo de um argumento adaptado de um pequeno romance não muito conhecido de Diana Jones. Adaptado nada mais, nada menos que pelo genial Miyakazi esta obra transporta-nos para um universo em que Sophie, uma típica adolescente de 18 anos, vê a sua vida mudar por completo quando se cruza acidentalmente com o misterioso mas belo feiticeiro Howl e, subsequentemente, é transformada numa mulher de 90 anos pela vaidosa e perversa Bruxa do Nada. Transportada para uma incrível odisseia para quebrar a sua maldição, Sophie encontra refúgio no Castelo Andante onde conhece Markl, um aprendiz de feiticeiro, e um impetuoso demónio de fogo que se dá a conhecer pelo nome de Calcífer. Pelo caminho Sophie conhece ainda uma misteriosa personagem, um espantalho com cabeça de nabo que a ajuda nas suas aventuras. Invocando a importância de valores como a família, a amizade, o reconhecimento das limitações do ser humano e a força especial dos laços de amor, esta é uma obra que me deixou abismado pela sua qualidade. Desde que começou até ao final foi-me impossível deixar de me sentir abismado, não com o conceito da história, que considero bastante simples, mas sim pela forma como os personagens nos são apresentados e que a pouco e pouco se nos vão tornando familiares até nos sentir-mos realmente bem na sua companhia e pela forma como a trama se desenvolve. O único defeito desta animação é, sem dúvida, o facto de ter um fim, pois muito desejei poder viver por mais tempo a magia de um Japão reinventado, onde Howl e todos os outros batalham pela paz no seio de uma guerra que ameaça engolir toda uma nação.

photo_01_hires

Um Anime que recomendo vivamente, mesmo a quem sente um pouco de preconceito pelo género. Pode-se gostar ou não, pois a beleza da arte é a sua subjectividade. A minha opinião é que este filme nomeado para um Óscar merece o lugar que ocupa presentemente na história de animação Japonesa onde é considerado um dos grandes colossos de genialidade pintada pela magia da imaginação!

Roberto Mendes

Esta entrada foi publicada em Cinema com as etiquetas , , , , , , . ligação permanente.

5 respostas a Howls Moving Castle- Review

  1. gendo diz:

    Já que fizeste a review do Howl’s agora fico à espera da review do Spirited Away!

    E como não podia deixar de ser concordo com todas as tuas palavras…é um filme magnifico…o melhor que se faz em anime…

  2. lbaixinho diz:

    Também adorei este filme. Dos vários filmes que vi do Miyasaki (acho que me faltam dois) o que gostei mais foi o Porco Rosso, que aconselho vivamente.

  3. Launn diz:

    Já vi este filme duas vezes e, sinceramente, estou a pensar vê-lo outra vez. Como dizes, a magia das personagens (tentando esquecer por um momento a magia da história) é visivel a cada minuto pois Miyasaki consegue destaca-la em tudo o que faz, salientando assim a beleza de cada pormenor, de cada acção, de cada momento…
    O enredo é fantastico, absolutamente simples e sensacional! E continua a ser espantoso o facto de num simples filme ser possível retratar factos tão “humanos” como a guerra e, sobretudo, o amor.
    Excelente crítica – mais uma vez.
    kiss kiss

  4. Pingback: genialidade.net - Howls Moving Castle- Review « Correio do Fantástico

  5. igdrasil diz:

    Caros: Farei, o mais rapidamente possível um post de análise e crítica da obra de Miyakazi, onde sublinharei os filmes spirited away, Kikis delivery service e Porco Rosso!

    Roberto Mendes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s