The Legend of Sigurd and Gudrún

Porque o nosso correio está de Parabéns e porque o post de abertura deste nosso espaço, à exactamente um ano, versou sobre o mestre dos mestres da fantasia, JRR Tolkien, aqui fica uma das noticias mais esperadas para os fãs de Tolkien:

The Legend of Sigurd and Gudrún é mais um livro póstumo do autor de O Senhor dos Anéis a ser editado no dia 9 de Maio. Uma adaptação em verso e em inglês moderno, visto pelo prisma nórdico, de Os Nibelungos.

Para nos recordarmos do último original de Tolkien a merecer publicação, através do seu filho e executor literário, Christopher Tolkien, teremos de recuar até ao ano de 2007, com a publicação de Os Filhos de Húrin. Agora, gaças ao trabalho de Christopher, será publicado, a nove de Maio, The Legend of Sigurd and Gudrún :

legendsigurd.jpg
Capa de
The Legend of Sigurd and Gudrún

The Legend of Sigurd and Gudrún foi escrita por Tolkien enquanto o mesmo leccionava em Oxford, nas décadas de 20 e 30 do século XX, o que consubstancia um motivo adicional para esperar com grandes espectativas esta obra, pois é um trabalho prévio à escrita de The Lord of The Rings.O livro, concluído há mais de 70 anos, será acompanhado por um comentário de Christopher, bem como pelas suas notas explicativas. A obra terá ainda uma surpresa, pois será nela incluida uma das palestras universitárias do mestre sobre literatura mitológica Nórdica.

The Legend of Sigurd and Gudrún contará também com ilustrações da autoria do artista britânico, Bill Sanderson, “historicamente relevantes e de grande impacto gráfico”, de acordo com um porta-voz da editora HarperCollins. O livro é uma adaptação, para inglês moderno e em verso, de uma das muitas variantes nórdicas do ciclo dos Nibelungos, em dois poemas relacionados, aos quais Tolkien deu os títulos de The New Lay of the Völsungs e The New Lay of Gudrún.

As personagens do título, Sigurd e Gudrún, são os equivalentes nórdicos dos germânicos Siegfried e Cremilde, cuja história foi filmada em 1924 por Fritz Lang, na sua obra-prima Os Nibelungos. (1924). Que Tolkien poderá ter visto quando escrevia The Legend of Sigurd and Gudrún, e à qual – quem sabe? – poderá ter ido buscar inspiração. (retirado do site “duvendor”)

Nas Palavras de Christopher Tolkien:

“Em The Lay of the Völsungs, conta-se a história do grande herói Sigurd, o matador de Fáfnir, o mais celebrado dos dragões, cujo tesouro ele reivindicou para si;dConta-se também sobre o acordar da Valquíria Brynhild, que dormia rodeada por uma muralha de fogo,  do seu casamento e da sua chegada à corte dos grandes príncipes que se chamavam os Niflungs, com os quais estabeleceu laços de sangue. Nessa corte cresceu o amor mas também muito ódio, trazido pelo poder da feiticeira, mãe dos Niflungs, perita nas artes mágicas, da mudança de identidades e das poções do esquecimento”.

Tolkien demonstra, mais uma vez, que uma das suas maiores influências foi o poema EDDA “cujos versos incorporam em inglês os exigentes ritmos poéticos e a energia concentrada do Edda”.

Infelizmente a tradução para português de The Legend of Sigurd and Gudrún ainda não tem data prevista.

Roberto Mendes

Esta entrada foi publicada em Fantástico, Livros com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s