Concurso de talentos Fantásticos – Edita-me

Logo Definitivo

A editora especializada no lançamento de primeiras obras de autores desconhecidos, sendo essa a sua essência enquanto editora, lança um desafio aos autores portugueses: Escrever um conto no género da literatura fantástica, definida pela editora em termos algo minimalistas:

O Fantástico pode ser entendido como uma abordagem ficcional ligada a personagens
como fadas, feiticeiras, vampiros, lobisomens, monstros de qualquer espécie, Deuses,
gnomos, gigantes, sereias, extra-terrestres ou outras entidades não humanas

É difícil perceber se os géneros do horror e da ficção científica se inserem no espírito deste projecto, pois parece que é dada preferência à fantasia.

São admitidas a concurso as produções escritas em português, nas seguintes
modalidades:
Conto
Texto em prosa, pequeno conto (short-story), no mínimo de 2 páginas e máximo 6
páginas tamanho A4.
Tipo de Letra: Arial, tamanho 12, espaçamento 1,5.
Poesia
Texto em poesia ou prosa poética, até um máximo de quatro páginas A4.
Tipo de Letra: Arial, tamanho 12, espaçamento 1,5.
Ilustração
Por ilustração, considera-se todo e qualquer trabalho criativo de Ilustração,
nomeadamente: desenho, pintura, fotografia ou trabalhos digitais que recorram às
“novas tecnologias”.
Os trabalhos deverão ser apresentados em ficheiro no formato JPG (JPEG) com
resolução compreendida entre os 300 e os 600 dpi.
Para envio, poderão ser usados suportes digitais (CD, DVD, pendrive ou cartão de
memória) ou serem colocados numa área de acesso público remetendo para a
editora o url onde possa ser efectuado o respectivo download, tais como: YouSendIt,
MegaUpload, FileShare ou outro similar.
Editora
Juntamente com o trabalho deverão enviar uma pequena memória descritiva para
justificar o mesmo, não ultrapassando uma página A4.
4. Candidaturas
As candidaturas deverão ser enviadas por email para concursofantastico@edita-me.pt
ou por correio para a morada:
Edita-Me, Editora Unip, Lda.
Rua Barata Feyo, 140 – Sala 1.10
4250-076 PORTO
O prazo para as candidaturas decorrerá entre o dia 1 de Agosto de 2009 até ao dia 30
de Setembro de 2009.
Juntamente com a candidatura deverão ser enviados os dados pessoais do autor:
pseudónimo (caso o autor assim o pretenda), nome completo, morada, telefone,
endereço de correio electrónico e data de nascimento.
Os trabalhos devem ser originais, criados especificamente para este concurso, pelo que
qualquer indício de plágio será punível com a desqualificação do texto.

Os seleccionados poderão ver a sua obra publicada numa antologia subordinada ao
tema do Fantástico, caso haja um mínimo de 50 candidaturas seleccionadas.
Os vencedores em cada uma das categorias, receberão um valor pecuniário a ser
anunciado pela Edita-Me.

Podem ler o regulamento aqui

Roberto Mendes

Esta entrada foi publicada em Desafio com as etiquetas , . ligação permanente.

7 respostas a Concurso de talentos Fantásticos – Edita-me

  1. Safaa Dib diz:

    Esse regulamento é estranhamento omisso em alguns aspectos.

    Se o prémio consiste na publicação numa antologia de contos fantásticos que, para ser editada, terá que receber um mínimo de 50 candidaturas (um número algo exorbitante e irrealista ainda para mais com um prazo um pouco apertado), essa antologia acaso será depois distribuída e colocada à venda nas livrarias nacionais ou então Fnacs e Bertrands?

    Ou será posto à venda num regime de print-on-demand, em que os seleccionados e familiares e amigos encomendam directamente a antologia à editora e só por cada encomenda é impresso um exemplar? E sendo assim, os seleccionados terão direito a oferta de uma antologia ou desconto sequer?

    E depois outra questão que é estranhamente ambígua no regulamento:

    “Os seleccionados poderão ver a sua obra publicada numa antologia subordinada ao
    tema do Fantástico, caso haja um mínimo de 50 candidaturas seleccionadas.
    Os vencedores em cada uma das categorias, receberão um valor pecuniário a ser
    anunciado pela Edita-Me.”

    Ora eu leio isto e concluo que um seleccionado não é necessariamente um vencedor. Há os tais 50 seleccionados, mas aparentemente ainda haverá um vencedor em cada categoria, é isso? E só esses dois vencedores, na categoria de prosa e poesia, é que receberão o tal valor pecuniário a ser anunciado pela Edita-me? Convinha esclarecer melhor essa parte, penso eu.

    Já para não falar do facto de que a definição de fantástico da parte dessa editora é tão francamente constrangedora que qualquer pessoa que escreva nesse género devia sentir-se chocada com a ignorância demonstrada numa definição tão enfiada a martelo.

    Engraçado que andam a surgir várias editoras especializadas no lançamento de primeiras obras de autores desconhecidos e da área do Porto. O Porto anda muito preocupado com os interesses de autores desconhecidos, que interessante…

  2. igdrasil diz:

    Saafa,

    Fiquei também com imensas dúvidas sobre o regulamento. Já enviei um e-mail com pedidos de esclarecimento sobre alguns pontos que referiste: a definição do fantástico que utilizaram, sobre a questão dos seleccionados\vencedores, e também sobre o tipo de edição.

    Perguntei ainda qual o limite de trabalhos que cada autor pode enviar, se o mesmo autor pode enviar trabalhos de prosa, poesia, ilustração…ou se apenas pode escolher participar com um trabalho.

    O ponto que me causa mais confusão é o facto de o projecto apenas se finalizar mediante a apresentação de 50 candidaturas(serão cinquenta de cada modalidade de participação) e se esperam preencher a obra com cinquenta trabalhos não se dará o caso de todos os trabalhos serem aceites?

    Assim que obtiver as respostas farei chegar a informação.

    Roberto Mendes

    • Caro igdrasil,

      De entre os vários pedidos de esclarecimento que temos recebido, não temos nenhum anterior à data deste post, pelo que questiono, se chegou a receber alguma resposta.

      Pergunto, pois pode ter acontecido que o mesmo, não nos tenha chegado.

      Cumprimentos

  3. Joel Puga diz:

    O que também me pareceu algo estranho é não haver o requesito de anonimato. Normalmente, nos concursos deste género, todos os participantes participam sob pseudónimo e a sua identidade real é enviada num envelope selado.

  4. Safaa Dib diz:

    O propósito do meu comentário foi o de mostrar que todo esse regulamento dúbio levanta sérias questões sobre a legitimidade ou interesse desse concurso. Parecem mais interessados em atingir a meta dos 50 contos independentemente da qualidade em si e depois editar a antologia para que finalidade? Divulgar o autor desconhecido…? E será que depois cada participante tem que comprar “x” exemplares? Não se sabe.

    Mas pode ser que dêem respostas elucidativas ao Roberto. Cá esperamos.

  5. Joel Puga diz:

    Chamem-me desconfiado, mas eu fico sempre de pé atrás em relação a estas “editoras” vocacionadas para os novos autores.

    Apesar de o regulamento não ser tão descarado, este concurso faz-me lembrar um outro que surgiu há uns anos de uma outra editora deste género.

    • Caros frequentadores deste blog,

      A Edita-Me, surgiu como um projecto de um autor, que nessa qualidade, teve as dificuldades que todos os novos autores têm, em ver editada a sua primeira obra.

      E foi constituída com o propósito de divulgar e dar a conhecer, o que de tão bom é produzido em Portugal e em língua portuguesa.

      Convido todos a consultarem o nosso site http://www.edita-me.pt bem como o nosso blog http://edita-me.blogspot.com onde poderão constatar o que fazemos nesse sentido.

      Para além disso, disponibilizo-me para esclarecer qualquer dúvida que possa surgir relacionada com o concurso aqui anunciado, através do email: carlos.lopes@edita-me.pt

      Cumprimentos a todos,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s