Opinião: A Floresta de Mãos e Dentes de Carrie Ryan

A Floresta de Mãos e Dentes
Carrie Ryan

Editora: Gailivro

Sinopse: Mary sabe pouco sobre o passado ou sobre o porquê de no mundo existirem dois tipos de pessoas: os que residem na sua vila e os mortos-vivos do lado de fora da cerca, que vivem de devorar a carne dos vivos. As Irmãs protegem a Vila e promovem a continuidade da raça Humana. Depois de a sua mãe ser mordida e se juntar aos amaldiçoados, Mary é enviada às Irmãs para se preparar para o Casamento com o seu amigo Harry. Mas as cercas são quebradas e o mundo que Mary conhece desaparece para sempre. Mary, Harry, Travis, que Mary ama mas que está prometido à sua melhor amiga, o irmão de Mary, a sua mulher e um pequeno órfão partem rumo ao desconhecido em busca de um lugar seguro, respostas às suas perguntas e uma razão para continuar a viver.

Opinião: A Floresta de Mãos e Dentes surpreendeu-me completamente. Quando peguei no livro, e porque na capa dizia que este livro fez pelos zombies o mesmo que o Crepúsculo fez pelos vampiros, pensei que ia ser mais um romance sobrenatural onde a rapariga tem um amor impossível, etc etc etc., e onde no final, algures, as coisas acabam bem. Não podia estar mais enganada.

Um vírus alastrou-se pelo planeta, fazendo com que as pessoas se tornassem mortos-vivos. A “invasão” desse vírus foi tão arrasador que passadas sete gerações, já só resta uma aldeia de pessoas não infectadas, cuja protecção reside numa cerca de metal e em Guardiães encarregues de evitar que essa cerca seja ultrapassada. Toda a verdade que se conhece, é ditada pela Irmandade que se reje pela Escritura e cujas ordens têm sempre como base a vontade de Deus. E quem duvidar desses dogmas, é atirado para a floresta de mãos e dentes. A sobrevivência daquela aldeia depende, assim, de acreditarem no que a irmandade e os guardiães dizem e fazem. Ou assim pensavam todos menos Mary.

A personagem principal deste livro, Mary, quer acreditar que há um mundo para lá da cerca, que é impossível serem o que resta de um planeta inteiro. E quando a sua mãe é infectada e se torna zombie, o irmão rejeita ficar com ela e ela tem de ir viver com a irmandade para a Catedral. Mas com esse acontecimento, tudo muda. Mary revê Travis, o rapaz por quem se julga apaixonada e que está à beira da morte, ouve conversas entre as Irmãs que não devia, segredos que são supostos ninguém saber, e isto tudo conjugado faz com que ela se comece a rebelar sendo de imediato ameaçada pelas irmãs. A tensão começa a crescer de forma inevitável.

Um dia surge Gabrielle, alguém que vem de fora da aldeia e que não está infectado! Como é que isso será possível se, supostamente, só resta aquela aldeia? Mary tenta contactar Gabrielle, mas esta desaparece.
E Mary só sonha com o Mar que a mãe lhe falava quando era criança. Sonha com coisas que todos julgam ser impossíveis e condenam-na por tal. Questiona como é que acontecem o Regresso, o que o provocou. Se não haveram mais como eles do outro lado da cerca.

Um livro com um drama constante, não forçado, mas que traz consigo incríveis ondas perturbadoras . Se nos apegarmos à personagem principal, é inevitável irmos vivendo com ela toda a sua demanda, o seu sofrimento. E neste mundo tão tenso, uma simples imagem do mar ou do oceano acaba por ser uma visão bastante romântica.
E mesmo com todos os dogmas, com todas as limitações arcaicas da aldeia e dos amigos, Mary não se conforma. Mary só pensa em sair da aldeia. Uma personagem principal corajosa, que por vezes tem que tomar decisões que achamos que seriamos incapazes de tomar, mas é isso que a mantém viva e que lhe dá força para continuar.

Um romance apocalíptico que gostei mesmo muito de ler, que “devorei” autenticamente apesar de as lágrimas me terem surgido nos olhos algumas vezes. É uma leitura muito intensa em que temos que estar preparados para o melhor e pior.

Esta entrada foi publicada em Literatura Fantástica com as etiquetas . ligação permanente.

Uma resposta a Opinião: A Floresta de Mãos e Dentes de Carrie Ryan

  1. Pingback: Esta semana (03.07.2010) « Rascunhos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s