VOLLÜSPA – Vinheta de Joel Puga

Voltam as Vinhetas, agora que o trabalho me deixa respirar um pouco! Uma por dia durante toda a próxima semana…Quem não sente um pouco de saudades de ler uma boa vinheta sobre a Vollüspa?

As Perguntas que Atormentavam Pavel Karelin

por Joel Puga

 

Pavel Karelin entrou, expectante, no templo erguido no centro do fórum de Bracara Augusta. Durante meses viveu na cidade, tentando ganhar a confiança da alta sacerdotisa. Agora, esse investimento dava, por fim, frutos.

Seguiu a mulher para trás do altar, onde se escondia uma porta baixa e estreita. Através desta, chegaram a um pequeno quarto cheio de prateleiras, sobre as quais se amontoavam dezenas de rolos de papiro e pergaminho.

– Aqui tens – disse a sacerdotisa, passando um para as mãos de Pavel.

Ele desenrolou-o. Estava escrito em latim, o que não era um problema. Pavel estudara vinte e três línguas, e latim havia sido uma das primeiras. Porém, nem sequer era necessário perceber a língua para ler o título. Vollüspa. Encontrara-a mais uma vez. Um formigueiro cresceu-lhe no estômago conforme lia o texto e confirmava que este continha as mesmas histórias de sempre.

Este texto, este conjunto de contos, aparecia repetidamente ao longo da história da humanidade, em diversas línguas e formatos. Pintado nas paredes de cavernas durante a pré-história; gravado em arenitos no antigo Egipto; escrito em códexes da dinastia Ching; desenhado em revistas de BD americanas dos anos quarenta. No dealbar do século vinte e dois, foi transmitido directamente para as mentes de todos aqueles que se encontravam ligados à Rede. Foi achado até em Marte, em forma de livro e escrito em inglês, pela primeira expedição humana a lá chegar.

Qual a importância destas histórias para aparecerem tantas vezes no registo histórico? Quem as escreveu? Que poder as havia disseminado assim, ao longo dos tempos e em locais tão afastados uns dos outros? Seriam as suas intenções malignas ou benignas? Eram estas as perguntas que atormentavam Pavel Karelin, viajante no tempo.

 

Podem comprar a Vollüspa aqui!

Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s