O Escolhido

Este foi o primeiro livro de Samuel Pimenta, uma leitura que me custou a ser feita. Isso aconteceu não tanto pela falta de tempo mas mais pelo facto de o autor não me ter conseguido captar a atenção.
A escrita está boa tendo em conta que é a primeira obra mas a história em si deixou-me um pouco desiludida. Um ritmo lento com alguns pontos de interesse que nos levantam a moral faz com que o leitor se sinta numa montanha russa onde são poucos os pontos altos.
A tentativa de ser original levou a que existisse uma sobrecarga de nomes em latim e não posso deixar de referir o momento em que Heros encontra a chave de cristal e temos de seguida um momento que me trouxe um déjà vu do Senhor dos Anéis.
O facto de ter criado uma língua é interessante, mas por outro lado temos um exagero de nomes em algumas partes da história o que pode levar um leitor a se perder no meio de tanta gente. Além de tudo isto parece-me que houve uma tentativa de esticar a narrativa o que fez com que o livro se tornasse chato de ler.
A história tem bons ingredientes e o autor é bom no uso das palavras mas a mim não me convenceu.

Título: O Escolhido
Autor: Samuel Pimenta

Planeta Editora
ISBN: 978-972-731-268-9
Páginas: 413
          

Esta entrada foi publicada em Autores Portugueses, Goor - A Crónica de Feaglar, Revista Bang, Rod Serling, Samuel Pimenta com as etiquetas , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s