Silêncio (Hush hush)

Seria de esperar que a amnésia trouxesse algum entusiasmo (ou sossego) à vida de Nora, mas nop, mais drama.
A pobre da miúda não consegue ter um momento de descanso, ora acorda num cemitério completamente sozinha, ora não se lembra de nada dos últimos cinco meses de vida, ora a mãe namora com o pai da rapariga que mais a atormenta na escola… é uma pobrezinha e feliz e contente lá pensava eu que acabava aqui. Afinal parece que não.
A parte positiva deste terceiro capítulo é que a história avança um grande bocado mas acaba com… mais trabalhos para a pobre Nora. É no entanto um livro bem escrito para a camada feminina jovem e sempre é melhor que HoN (pelo menos isso).
Começo a ter a sensação de que a autora anda com ideias de esticar a longevidade destas personagens até ao enjoo total, o que é uma pena porque o seu primeiro livro (Hush hush) foi bastante bom mas com o Crescendo estragou tudo e este volume pouco melhorou. Será que o quarto (sim a história não acaba com este) vai ser melhor?

Título: Silêncio
Série: Hush hush
Original: Silence
Autora: Becca Fitzpatrick
Publicação: Porto Editora
Sinopse: Quando o silêncio é tudo o que resta, poderá a verdade fazer-se ouvir?
Nora Grey não consegue lembrar-se do que se passou nos últimos cinco meses. Depois do choque inicial de acordar num cemitério e descobrir que esteve desaparecida durante semanas – sem ninguém saber onde ou com quem estava – tenta tomar o pulso à própria vida. Regressa às aulas, passeia com a melhor amiga Vee e tenta evitar ao máximo o novo namorado da mãe.
Mas há uma voz que lhe ecoa na mente, uma ideia que quase consegue tocar e sentir. Visões de asas de anjo e criaturas sobrenaturais que nada têm que ver com o mundo que conhece.
E não consegue deixar de se sentir perdida e… incompleta.
Então, Nora cruza o caminho de um desconhecido muito sensual com quem partilha uma ligação estranha e muito forte. Ele parece conhecer todas as respostas… e o coração dela. Cada minuto que passa com ele torna-se cada vez mais intenso até que ela se apercebe de que pode estar a apaixonar-se. Novamente. 

Esta entrada foi publicada em Literatura Fantástica com as etiquetas , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s